cervejaria_nacional_video

CERVEJARIA NACIONAL: onde você vê ser feito o que vai beber

5 Comentario(s)

Fomos visitar a Cervejaria Nacional depois de ficarmos bem impressionadas com a Mula que experimentamos no IPA Day 2013 em Ribeirão Preto. Sim. Mula é o nome da IPA – Indian Pale Ale – um dos cinco estilos de cerveja fabricados pela CN, todos homenageando um personagem do folclore brasileiro.

A Cervejaria Nacional nasceu em 2006 e, desde 2011, está instalada em Pinheiros num espaço confortável, sem firulas, mas cheio de boas idéias. No primeiro andar, está instalada a fábrica com seus tanques e aromas onde são produzidos cinco mil litros de cerveja por mês. No segundo andar, onde você pode ver a fábrica através de vidros, um balcão, mesas e um palco bem esperto para bandas de rock, blues e jazz que se apresentam depois das nove da noite. No terceiro andar, a cozinha do restaurante e um enorme salão que abriga grupos maiores e também quem queira um ambiente longe do agito.

Mas o grande atrativo realmente é você ver todo o processo de fabricação do que vai beber, ali, logo atrás do vidro. Todas as cervejas (servidas como chopp) foram criadas pelo sócio e mestre-cervejeiro Luis Fabiani e são produzidas ali mesmo por Guilherme Hoffman. E você pode acompanhar o processo desde a moagem do malte até a filtragem e fervura do mosto, passando pela adição do lúpulo, fermentação e maturação da mistura.

Para os apreciadores o cheiro do mosto que invade a casa no primeiro andar é melhor que um Chanel 5 ou um campo de lavanda.

Os cinco estilos fabricados pela Cervejaria Nacional são:

- Y-îara Pilsen que, como o nome indica, é uma seguidora do estilo tcheco, com leve amargor e boa presença de lúpulo.

- Kurupira Ale, uma Brown Ale amendoada e menos seca que as inglesas de mesmo estilo.

- Domina Weiss, feita de trigo e fiel ao estilo alemão, não filtrada, com um sabor cítrico bem refrescante e ideal para nosso verão. A espuma consistente se agarra ao copo e, embora seja bem alcoólica, não sentimos no paladar.

- Sa´si Stout, encorpada, feita com malte torrado e com bom equilíbrio entre este e o amargor do lúpulo.

- Mula IPA, carro-chefe da casa e já vendida em garrafas que você pode levar pra casa \o/. Em nossa opinião, uma das melhores produzidas aqui no Brasil. Mas preste atenção que, embora não sintamos no paladar, a graduação alcoólica é de 7,5%.

Todas são preparadas sem conservantes, antioxidantes, estabilizadores e enzimas usados nas grandes cervejarias. São servidas em copos de 320 ml e 550 ml, com preços variando entre R$10,00 e R$17,00. A boa é chegar na happy hour – entre 17h e 20h – onde você bebe duas pelo preço de uma, gastando o mesmo que gasta em uma ampola (de milho, hahaha) no boteco. Ah! E se você quiser experimentar estes cinco tipos sem ficar totalmente trelelê, a CN tem um simpático sampler com copinhos de 120 ml a um custo de R$25,00.

Além destes estilos, a CN oferece também algumas sazonais feitas também em sua fábrica, um belo cardápio de importadas em garrafas, outras convidadas de outras cervejarias servidas também como chopp e, para agradar a outros grupos, caipirinhas, coquetéis e destilados.

Mas beber sem comer não dá em boa coisa e, seguindo a criatividade das bebidas, a cozinha é responsabilidade do chef Alexandre Cymes que pensou em pratos que somassem quando apreciados junto às cervejas da casa. Algumas receitas inclusive usam as cervejas em sua preparação. E dá-lhe, como aperitivo, Costelinha com molho barbecue de Kurupira Ale; Pão de bagaço de malte com manteiga de cerveja e molho picante de ervas, Croquete de Carne bem sequinho, um delicioso Caldinho de Feijão e muitas outras boas invenções. Se quiser comer mais profissionalmente, pratos como Fish and chips, com o peixe empanado na Domina Weiss acompanhado de fritas, aïoli e saladinha de rúcula; Risoto de Costelinha e muitas opções de carnes, peixes e aves. Pra não deixar ninguém em jejum, saladas e sanduíches completam o cardápio.

Com um site informativo e bonito, qualquer dúvida pode ser desfeita e mais a programação e novidades no
http://www.cervejarianacional.com.br/

PS: a Cervejaria Nacional acaba de inaugurar um serviço muito comum nas fábricas lá da gringa. A venda de um growler – garrafão de 2 litros – que você compra uma vez e depois pode ficar levando pra casa o estilo de cerveja que quiser. Caprichado, revestido de cerâmica e com uma bela tampa contra vazamentos, o garrafão sai por R$70,00 e qualquer estilo de cerveja da CN, R$21,00 o litro.

Cervejaria Nacional
Av. Pedroso de Morais, 604 – Pinheiros – São Paulo
Telefone: 11 4305-9368
Telefone para reservas: 11 3628-5000
Horário de funcionamento: 2ª a 4ª das 17h00 às 24h; 5ª das 17h00 à 01h30; 6ª e Sábado das 12h00 à 01h30 e feriados a partir das 12h.

Related posts:

5 thoughts on “CERVEJARIA NACIONAL: onde você vê ser feito o que vai beber

  1. Muito bacana a iniciativa. Mas acredito que faltou o uso de touca (cuidado com a queda de cabelos) e máscara (falar próximo dos reservatórios abertos). E a entrevistadora tossindo naquele local não ficou bem!

  2. O bar é realmente muito interessante. Para quem quer experimentar cervejas artesanais direto da fonte, vale a pena conhecer o lugar. Se estiver disponível no dia, eu recomendo a Pale Ale com alecrim que é refrescante e excelente para acompanhar a costelinha suína com molho barbecue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>