NATAL EM OUTUBRO

0 Comentario(s)
cerveja-artesanal-2

Para o cervejeiro o verdadeiro Natal é em Outubro. Desde 1810 quando foi criada a primeira Oktoberfest em Munique, este mês é marcado por festivais, festas, promoções e lançamentos cervejeiros pelo mundo. Sem a pretensão de listar todos estes eventos, escolhi os dois mais importantes do Brasil nesta época do ano.

OKTOBERFEST
Inspirada na tradicional festa alemã que teve origem em 1810 em Munique, a Oktoberfest de Blumenau (SC) se tornou uma das festas mais populares do Brasil. Sua primeira edição foi em 1984 e teve o público de 102 mil pessoas, número que superava a metade da população local da época. Nos anos seguintes o evento atraiu o interesse de cidades vizinhas e consolidou Blumenau como principal destino turístico de Santa Catarina no mês de outubro. Apesar de ser famosa pelas cervejas, a festa é folclore, memória e tradição.

Durante seus 19 dias os blumenauenses mostram para todo o Brasil a sua riqueza cultural, revelada pelo amor à música, à dança e à gastronomia típica, que preservam os costumes dos antepassados vindos da Alemanha para formar colônias na região Sul. Em 2015 o evento contou com o público de 473 mil pessoas que consumiram 599.622 litros de cerveja. A expectativa para a edição atual é que o número de visitantes chegue a 600 mil pessoas.

Dentro da Oktoberfest várias atividades estão programadas. Entre elas, os turistas poderão aprender sobre cerveja em mini-cursos de até duas horas. Aulas de produção cervejeira e degustação serão realizadas na Escola Superior de Cerveja e Malte durante 14 dias do período da festa. As inscrições para os cursos de férias e o agendamento de visitas podem ser feitos através do site da ESCM  ou do telefone (47) 3380-5200.

Várias agências de turismo bolaram passeios para atender a demanda desta época do ano. Entre a propostas , que tal conhecer os roteiros Vale da Cerveja? Durante a 33ª Oktoberfest, o Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau e a Oktobertur promovem passeios pela região mostrando os principais atrativos e, é claro, as cervejarias. Cada dia da semana um passeio diferente. Já o passeio o Ciclo Bier  une duas paixões: bicicleta e cerveja artesanal. Em uma das regiões mais bonitas do estado de Santa Catarina, o Ciclo Bier é a maneira mais prazerosa e saudável de conhecer um pouco mais sobre processo de fabricação das tão renomadas cervejas de Blumenau e região. Outros passeios são também oferecidos no site da Oktoberfest
Serviço:
33ª OKTOBERFEST
De 05 a 23 de outubro
Parque Vila Germânica
Rua Alberto Stein, 199
Velha – Blumenau – Santa Catarina

MONDIAL DE LA BIÈRE
O Mondial de la Bière, no Rio de Janeiro, chega a sua 4ª edição. De 12 a 16 de outubro os armazéns 2, 3 e 4 do Pier Mauá, Zona Portuária, serão tomados por rótulos exclusivos, novos sabores, aromas e texturas. O espaço de 13 mil metros quadrados, 30% maior que no ano passado, possibilitará o aumento de expositores, maior área de alimentação e shows com muito mais conforto. A expectativa de público para 2016 é de 50 mil pessoas. Realizado anualmente em Montreal, no Canadá, e em Mulhouse, na França, o evento é considerado a porta de entrada para muitas indústrias de cervejas estrangeiras nos países de realização.

Com aproximadamente 120 expositores e mais de mil rótulos de cervejas especiais para degustação, o Mondial oferecerá em sua programação concurso, shows, Petit Pub – apenas com rótulos internacionais e inéditos – e a Beer Boutique, espaço dedicado à venda de garrafas de cervejas especiais para que os visitantes possam levar um pouco do festival para casa. Grandes mestres cervejeiros, personalidades e rótulos premiados já são presenças confirmadas.

O Mondial terá mais de 20 estandes de alimentação assinados por endereços como Aconchego Carioca, Hell’s Burguer, Hare Burguer, Boteco do Toninho e Ogrostronomia. Para a sobremesa, a Mil Frutas já garantiu a participação. Já as atrações musicais serão mais democráticas, com bandas de folk, jazz, reggae, rock e samba.

Entre muitas atividades propostas o Mondial de la Bière apresenta pela primeira vez o Bohemia Master Class. Palestras e debates acontecerão, paralelamente ao evento, nos dias 13 e 14 de outubro, no Hotel Vila Galé, na Lapa, Rio de Janeiro. Inscrições aqui

Desde sua primeira edição o Mondial é também um concurso de degustação profissional de cerveja, o MBeer Contest, que contará com um júri altamente qualificado de integrantes nacionais e internacionais. O MBeer Contest Brazil é uma competição inovadora, com avaliação baseada nas qualidades intrínsecas da cerveja. Sem categorias pré-definidas por estilo, os juízes – que farão as degustações às cegas – identificarão o estilo da cerveja e a avaliarão de acordo com o estilo identificado.
Serviço:
MONDIAL DE LA BIÈRE
De 12 a 16 de outubro
armazéns 2, 3 e 4 do Pier Mauá
Rio de Janeiro

 

As novas pós carnaval

0 Comentario(s)
image

texto: Cilmara Bedaque e divulgação

GROWLERS NO SPTH
Até este domingo (21/02) , o São Paulo Tap House estará vendendo growlers – recipientes feitos de cerâmica – de dois litros (R$ 98) para os clientes, abastecido com o chope Burgman Casa Nova. Depois do dia 21, os clientes poderão escolher entre os 40 estilos de cervejas artesanais para levar para casa. Com a embalagem retornável, o valor do litro da cerveja varia de acordo com a marca. Para abastecê-lo, basta ir ao bar de terça a sexta das 18h às 20h30, sábado das 12h às 17h e domingo das 12h às 22h.
São Paulo Tap House
Endereço: Rua Girassol, 340 – Vila Madalena
Telefone: 11 3530-6602
Horários: Terça-feira das 18h à 0h, Quarta a Sexta das 18h às 1h, Sábado das 12h à 1h e Domingo das 12h às 22h. Segunda fechado.

CURSO AVANÇADO PARA CERVEJEIROS CASEIROS
O hobby de fazer cerveja em casa está crescendo no Brasil. Somente na Sinnatrah, a 1ª Cervejaria Escola de São Paulo, mais de duas mil pessoas já aprenderam a produzir a bebida. E para atender esse público, a instituição criou um curso avançado que permite aprofundamento dos estudos e a busca de qualidade profissional.
Dividido em dois dias inteiros, o curso combina uma densa carga de teoria com exercícios práticos, como a montagem de receitas, manipulação de leveduras e a produção coletiva de uma leva de cerveja.
“A ideia é compartilhar informações e práticas seguidas por um cervejeiro profissional. Muitos deles, inclusive, querem assumir essa atividade no futuro”, comenta Rodrigo Louro, sócio da Sinnatrah e mestre-cervejeiro consultor. Junto com ele, participa da grade do curso Alexandre Sigolo, sócio da Sinnatrah e também mestre-cervejeiro da Burgman, em São Paulo.
Curso Avançado de Produção Caseira de Cerveja Artesanal
Preço: R$ 800,00
Horário: Sábado e Domingo das 10h00 às 18h00
Próximas datas: 20 e 21 de Fevereiro / 09 e 10 de Abril

Sinnatrah Cervejaria Escola

Endereço: Avenida Pompéia, 2301 (Pompéia – São Paulo/SP)
Horário de Funcionamento:de terça a sexta das 12h00 às 20h00 e aos sábados das09h00 às 17h00
Telefone: (11) 3862-5421

DEZ ANOS DO BLOG BAR DO CELSO \o/
Esse ano o blog BarDoCelso.com completa 10 anos contribuindo para a divulgação da cultura cervejeira no país, no Paraná e em Curitiba. Isso faz dele um dos mais antigos e tradicionais veículos de comunicação voltados à cerveja do Brasil.
Para comemorar Curitiba vai ganhar uma grande festa neste domingo (21) no Hop’n Roll Beer Club, das 12h às 19 horas.
Os ingressos já estão à venda no próprio bar.
Uma seleção de chopes alta qualidade feita pelo próprio Celso entre as cerca de 40 opções oferecidas pelo bar, chope especial da festa (desenvolvido pelo Celso e pelo Hop’n Roll), a banda She’s a Teaser (só de garotas), foodtrucks e muita diversão.
O Lupulinas pede um salve e deseja longa vida ao blog Bar do Celso!

CERVEJA FEITA COM A AGUA DA CHUVA DE BELÉM
O cervejeiro paraense Israel Athayde vem a São Paulo para dar alguns cursos e lançar a original cerveja Wit Rain. Produzida com água da chuva e para celebrar os 400 anos de Belém, ela será degustada em primeira mão em evento no próximo dia 28 de fevereiro em São Paulo com o nome de “Inovação Cervejeira: uma evolução necessária”. A palestra terá como foco a cerveja WitRain: uma Witbier produzida pelo próprio Israel com manga e água de chuva da cidade de Belém.
Data: 28/02
Local: Mestre Cervejeiro
Endereço: Avenida Sabiá, 814 (Indianópolis – São Paulo/SP)
Horário: a partir das 14h00
Preço: R$ 55,00 com direito a degustação de uma dose da cerveja WitRain e também a um copo de chope de 300ml
Inscrições e informações através do e-mail [email protected]

CHOPERIA SÃO PAULO PROMOVE EVENTO COM ISRAEL ATHAYDE
Também tendo o paraense Israel Athayde, a Choperia São Paulo será palco do curso “Insumos Amazônicos na Produção de Cervejas”. Renomado cervejeiro reconhecido pela combinação inusitada de ingredientes e pela valorização da matéria-prima local em suas produções, Israel é cofundador do projeto Cervejas de Panela – primeira Brew Shop Slow Beer da Região Norte e Nordeste do Brasil.
O curso, que será antecedido por um almoço, destacará a biodiversidade amazônica, o potencial dos insumos e entraves para o cultivo, oportunidades para cervejarias na região, além de fazer um panorama de iniciativas, pesquisas e avanços nacionais nesse setor.

Choperia São Paulo
Endereço: Rua dos Pinheiros, 315, Pinheiros – São Paulo
Data: 27/02
Investimento: R$ 89
Início do almoço: 13h
Inicio do curso: 14h30
Previsão de duração do curso: Duas horas
Inscrição: [email protected]

DAMA BIERFEST E CERVEJA COLABORATIVA
A Mr. Beer, pioneira e maior rede de franquias de cervejas especiais do país, se junta novamente a Cervejaria Dama Bier para preparar uma cerveja colaborativa, mas desta vez a parceria também terá a participação da Caldera Brewing. A produção acontecerá um dia antes do evento Dama Bier Fest, em comemoração aos seis anos da cervejaria. A cerveja será uma clássica Imperial IPA Single Hop.
O grande destaque será a presença internacional do Jim Mills, fundador e cervejeiro da Caldera Brewing, que virá a convite da Mr. Beer, importadora oficial da marca no Brasil e da Dama Bier. Jim é proprietário da micro cervejaria fundada em 1997, em Ashland, no Estado do Oregon, principal região produtora de lúpulo dos Estados Unidos. Quem for ao Dama Bier Fest, poderá tomar uma cerveja com o grande mestre cervejeiro e ouvir suas histórias.
Dama Bier Fest
Quando: 27/02/2016 das 13h às 20h
Local: Cervejaria Dama Bier – Av. Rio das Pedras, 104 – Bairro Piracicamirim – Piracicaba/SP
Ingresso inclui Open Bar de 14 variedades de chope e água + uma caneca especial da festa.
Preço: 1º Lote – R$ 110,00 (esgotado); 2º lote – R4 140,00 e 3 º lote 160,00 (Ingressos limitados por lote) Venda online
Serão 14 chopes, sendo 8 da Dama Bier (dois deles lançamentos) e 6 chopes convidados, entre eles: Caldera IPA, Urbana BOO, Invicta 1000 IBUS, Tupiniquim Tornado, Way Berliner Weisse e Burgman Red Ale. Além de dois Food Trucks com lanches e espetinhos, sendo pago à parte.
Bandas: Adriano Grineberg (Jazzz, Soul, Blues) e Senhor X (Classic Rock)

CERVEJARIA BLONDINE LANÇA PAPITO
A cervejaria brasileira Blondine uniu duas paixões: rock ‘n roll e uma boa cerveja artesanal. Refrescante e bem aromática é uma India Pale Lager​ ​resultado d​a ​parceria ​com o rockeiro Supla. “Temos muita sintonia com o Supla. Adoramos sua história e o seu jeito único. Procuramos sempre inovar, inspirar e aguçar a curiosidade dos apaixonados pelo universo cervejeiro. Essa cerveja com certeza harmonizará com rock’n roll”, afirma Juliana Behr, embaixadora da Blondine.
O estilo da cerveja Papito foi definido em uma conversa onde o Supla contou que tomou uma IPL na Califórnia durante o período em que morou nos Estados Unidos. “Concordamos na hora por ser um estilo ainda pouco produzido no Brasil, queríamos uma cerveja que ajudasse a disseminar a cultura cervejeira a um maior número de pessoas”, diz Aloisio Xerfan, diretor da Blondine.
A Papito é uma cerveja clara, aromática e com um amargor mais elevado, com 40 unidades de IBU e 5,5 % de teor alcoólico (ABV). Será lançada dia 03 de março em São Paulo e dia 09 de março no Festival Brasileiro de Cervejas em Blumenau. Estará disponível para compra a partir do dia 14 de março nos principais pontos de venda de cerveja artesanal e também nas lojas Crazy4Beer, em São Paulo e em Curitiba.

PRICE BEER AGORA TAMBÉM INDICA LIVROS SOBRE CERVEJA
A arte de beber cerveja também envolve conhecimento, por isso o Price Beer incluiu na plataforma sites como Amazon e Livraria Cultura. O Price Beer relaciona quase 100 obras relacionadas à cerveja, além dos milhares de rótulos nacionais e importados, kits e copos, entre outros acessórios. Mais de 15 mil produtos podem ser encontrados. “Nós queremos difundir a cultura da cerveja artesanal no Brasil, vivemos uma ascensão no consumo e também precisamos incentivar o conhecimento”, disse Diego Rodriguez, fundador do Price Beer.
Atualmente, a plataforma recebe mais de 300 mil pageviews, reúne 67 lojas online que realizam entrega em todo o Brasil e também disponibiliza sommeliers para ajudar na busca do rótulo. Em breve, a ferramenta estará disponível como aplicativo nas versões Android e IOS.
Para conferir a novidade acesse

 

E começou 2016…

0 Comentario(s)
cartel cigano

texto e fotos: Cilmara Bedaque e divulgação

FESTA CIGANA PAULISTA

No mundo cervejeiro produtores que fazem suas receitas alugando fábricas são chamados de ciganos. Os ciganos paulistas se juntaram num grupo auto-denominado Cartel Cigano na brincadeira e vontade de fazer pressão. E pressão e cerveja é boa coisa ;) Dia 16 de janeiro, onze cervejarias nômades se reúnem para mostrar ao publico suas receitas deliciosas ou raras ou exóticas ou queridas ou tudo isso junto.

A idéia é fortalecer a produção e o cenário cervejeiro local. “São Paulo é uma cidade cara e que ainda está desenvolvendo uma identidade cervejeira dentro do cenário nacional e um evento nos moldes do Cartel Cigano tem como objetivo beneficiar todas as pontas: o público que tem a possibilidade de experimentar e conhecer novos rótulos a preços acessíveis e as micro-cervejarias ciganas promovendo a produção regional“, afirma o cervejeiro da Urbana e um dos organizadores do evento, André Cancegliero.

O Cartel Cigano é formado pelas cervejarias Urbana, Júpiter, Lumberjack, Brasiliana, Capitú, Guarubier, Dogma, J.Beer, Landel, Juan Caloto e Suméria. O público poderá degustar mais de 30 rótulos em chopes de 300 ml a partir de R$ 8. Os ingressos que permitem a entrada no evento já estão à venda pela internet e custam R$ 25. Na página do evento  você pode ver quais tipos de chopes serão oferecidos e seus preços.

A ciganagem acontece no Centro Cultural Rio Verde e terá o som jazz fusion da Banda AbandOnada. A água é cortesia e o rango fica por conta do Imbiss – Berlin Street Food e Sanpo Bentô Deli.

Cartel Cigano 

Centro Cultural Rio Verde – rua Belmiro Braga, 181, Vila Madalena

dia 16 de janeiro das 14h às 20h

BRASSAGEM NA RUA

O São Paulo Tap House, um dos maiores bares de cervejarias artesanais brasileiras na torneira, promove neste sábado (9.jan), às 11h30 sua primeira Brassagem aberta. Durante toda a tarde os sócios Marcelo Voldovoz e Eduardo Eloi mostrarão o preparo de uma cerveja artesanal e estarão à disposição dos curiosos clientes para explicar seu processo de produção e tirar dúvidas. Ideal para o verão, eles prepararão uma Witbier com raspas de limão siciliano. O evento marca o início da promoção Chope em Dobro, que oferecerá o “double” de três cervejas escolhidas pela casa às terças e aos domingos, e excepcionalmente neste sábado.

Para acompanhar os variados chopes, a casa serve um cardápio com petiscos, sanduíches, saladas e pratos que se destacam também pelo lado artesanal de seus ingredientes. Destaque para as tábuas de queijos e frios, todos produzidos no Brasil, servidas em dois tamanhos (R$ 39 e R$ 69). O menu também apresenta diversas opções de porções que podem harmonizar muito bem com os diferentes estilos de chope, entre eles, os Mini bolovos (R$ 28), feitos com ovos de codorna envoltos em massa de linguiça calabresa, o trio de Mini Buraco quente (R$ 24) nos sabores ragu de linguiça, ragu de cogumelos e ragu de carne e o Frango a passarinho (R$ 28), acompanhado de dois dips à escolha.

São Paulo Tap House – Rua Girassol, 340 – Vila Madalena – São Paulo

Telefone: 11 3530-6602

Horários: Terça-feira das 18h à 0h, Quarta a Sexta das 18h às 1h, Sábado das 12h à 1h e Domingo das 12h às 22h. Segunda fechado.

WAY BEER SAZONAIS NO EAP

Oito tipos de cervejas da Way Beer estão engatadas no Empório Alto de Pinheiros esperando por sua degustação. Quatro delas são inéditas.

Além das já conhecidas American Pale Ale (APA), Double APA e Die Fizzy (american IPA com lúpulo Galaxy), serão servidas duas versões da Die Fizzy com single hop (uso do mesmo lúpulo tanto para dar amargor quanto para dar aroma para a cerveja) de Citra e Mosaic,você pode experimentar uma Berliner Weisse com dry hopping de Amarillo e Mosaic e uma “saison-IPA” (fermentada com levedura de saison, mas lupulada como uma IPA) que leva apenas Sorachi. Para terminar, a Cider IPA, uma cerveja-sidra, feita com 45% de maçã e lúpulo Motueka.

Empório Alto de Pinheiros – Rua Vupabussu, 305 – Pinheiros – São Paulo

O Mondial de la Bière é sucesso no Rio de Janeiro

1 Comentario(s)
20131115-135641.jpg

A mudança de última hora do local do Mondial de la Bière Rio não atrapalhou o evento. A super-lona climatizada armada no Terreirão do Samba, vizinho ao Sambódromo, funcionou bem e deu um ar mais carioca ao festival. Amantes de cerveja, produtores, importadores, comerciantes de insumos, todos estavam ali reunidos para experimentar ótimas cervejas artesanais.

À porta, junto com seu ingresso, você recebe um copo de 200 ml para degustação. Logo na entrada, e também  na outra extremidade do salão, guichês com 4 cabines cada vendem tickets (mini dinheirinhos de 1 e 2 reais) para pagar as doses de cervejas, que variam entre 5 e 8 reais. Nos guichês aceita-se dinheiro ou cartão, mas se você quiser mais agilidade, leve dinheiro porque as filas para pagamento em cash são menores. Todas as doses de degustação são pagas com esses tickets. Outros itens como camisetas, kits de cervejas, copos e garrafas avulsas para viagem são pagos diretamente nos estandes dos fabricantes.

Chegamos cedo para poder observar e caminhar com tranquilidade sob a enorme tenda. Em duas horas, o evento já estava cheio, com filas nos guichês. Por isso a dica é comprar logo no início todos os tickets que você achar necessário e ir bem alimentado. Apesar de ótimos estandes de comidas como o do Aconchego Carioca, Bar do Adão e Adega do Pimenta, eles ficam lotados e com enormes filas depois que o pessoal já bebeu umas e quer comer.

Já os estandes de cerveja funcionam com agilidade, sem grandes filas. O pessoal das cervejarias é atencioso e bem humorado, explicando pra galera seus diferentes tipos de cerveja, lançamentos, processos de feitura e etc. Conversas sobre a alta tributação que incide nas cervejas artesanais foi assunto de cervejeiros em vários estandes. Ainda vamos baratear essas delícias.

Eram mais de 300 rótulos de cervejas e por isso nós, Lupulinas, escolhemos provar os lançamentos brasileiros no Mondial. Alguns destaques:

.
X-Session IPA – uma IPA da Ex-2Cabeças, na nossa opinião a melhor da cervejaria. Num original plano de marketing a 2cabeças jogou seu nome e seus rótulos fora durante este Mondial e promete tudo novo ainda este ano. Novos rótulos serão lançados e suas cervejas consagradas voltarão com nomes diferentes ao mercado. Os sócios Bernardo Couto e Maira Kimura dizem, com mistério e humor, que estão praticando a arte do desapego. Boas novas virão, temos certeza.

Noi Amara – uma Imperial IPA da niteroiense Noi, bem fácil de beber, com lúpulos cítricos americanos que garantem uma refrescância surpreendente. Seu 10.5% de teor alcóolico é totalmente disfarçado pelo equilibrio de sua receita. A Noi promete para ainda este ano mais dois tipos de cerveja na garrafa que vão se juntar aos sete tipos já presentes em seu portifólio.

Verum Session Rye Pale Ale – da Bodebrown, uma American Pale Ale de centeio surpreendente. Macia, lupulada na medida e com espuma cremosa é uma alternativa menos alcóolica que suas irmãzinhas.

1000 IBU – a Imperial IPA da Invicta superlupulada. Deliciosa, o hiper amargor é bem complexo: não é apenas amargor por amargor. Pode-se dizer que o mestre cervejeiro Rodrigo Silveira venceu um desafio, mas mesmo assim é uma cerveja para iniciados.

Colorado Titãs – no estande da Colorado, o destaque para a Vixnu, a Berthô e o lançamento da Titãs, uma English Brown Ale com cascas de laranja para realçar seu sabor cítrico.

Jeffrey – nos chamou atenção pela arte do rótulo. Uma witbier com raspas de limão siciliano adicionados na etapa da fervura. Refrescante e bem aromática (não confundir com cervejas misturadas com limão; as raspas usadas nessa cerveja deixam o sabor da fruta bem sutil).

Coruja Sempre Viva – neste caso a novidade ficA por conta de um filtro de lúpulo por onde passa a conhecida Sempre Viva. Do tipo American Lager ela é engarrafada sem filtragem e sem conservantes. É claro que o filtro, lembrando uma cuia com chimarrão, só poderia ser idéia de cervejeiro gaudério ;) *(atualização)

Com saldo positivo, pena que, sem wi-fi na super tenda e com um 3G comprometido pelas teles brasileiras, não conseguimos agitar as redes sociais, trocando informações lá dentro sobre o evento. Um ponto a ser melhorado na próxima vez.

O Mondial de la Bièrre vai até domingo (dia 17) e, segundo a curadora Cilene Saorin, veio para ficar. Ótimo: mais um evento para fortalecer a cultura cervejeira artesanal do nosso país.

 

* o Daniel Perez, q a gente encontrou lá no Mondial, nos corrige: “O nome da cerveja é Coruja Extra-Viva. Ela é uma Premium Lager, e o lúpulo usado no filtro foi o Cascade”. tks Daniel ;)